Joomla!

Estatísticas comprovam: mulher no volante é muito importante!

E-mail Imprimir

Página Publicada em: março, 2 de 2010 as 10:30 am. Na Categoria: Geral

“Quem não sabe aceitar as pequenas falhas das mulheres não aproveitará suas grandes virtudes.” Khalil Gibran
Frases do tipo “Mulher no volante perigo constante”, “Só podia ser uma mulher para fazer essa barbeiragem”, são ofensivas e sem argumentação. Opiniões de pessoas preconceituosas que ignoram as estatísticas.
Conforme dados do RENAEST (www.denatran.gov.br), a realidade é completamente diferente daquela enfatizada por essas pessoas. Vejam nas tabelas a seguir:

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO DENATRAN – RENAEST 2008

Quadro 1 – Condutores Habilitados – Brasil – Por sexo


Mas

Fem

Total

Diferença

32.070.884

13.289.655

45.360.539

18.781.229

71%

29%

100%

41%

No quadro 1 os motoristas do sexo masculino representam 71%, mais que o dobro dos condutores do sexo feminino, representado por 29%. Com base nesses números, pode-se afirmar que em cada 10 veículos que circulam nas vias, apenas 3 são conduzidos por mulheres.

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO DENATRAN – RENAEST 2008


Quadro 2 – Condutores Envolvidos em Acidentes de Trânsito com vítima – Brasil – Por sexo


Masc.

% dos condutores

Fem.

% dos condutores

Total

Diferença

543.241

1,69%

87.619

0,66%

630.860

455.622

86%


14%


100%

72%

1,69% dos condutores do sexo masculino se envolveram em acidentes de trânsito com vítima em 2008, contra 0,66% dos condutores do sexo feminino. Isso demonstra que de cada 20 motoristas que se envolveram em acidentes de trânsito, em 2008, em média, 17 foram homens e 3 foram mulheres.

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO DENATRAN – RENAEST 2008


Quadro 3 – Vítimas Fatais de Acidentes de Trânsito – Brasil – Por sexo


Mas

Fem

Total

Diferença

27.449

4.615

32.064

22.834

86%

14%

100%

72%

4.615 mulheres perderam a vida nas estradas em 2008, contra 27.449 homens. Que diferença! De cada 20 vítimas fatais por causa da violência no trânsito, 17 em média, foram do sexo masculino e 3 do sexo feminino.

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO DENATRAN – RENAEST 2008


Quadro 4 – Vítimas Não Fatais de Acidentes de Trânsito – Brasil – Por sexo


Mas

Fem

Total

Diferença

450.623

143.550

594.173

307.073

76%

24%

100%

52%

Os números correspondentes às vítimas não fatais por causa da violência no trânsito também são expressivos. 450.623 homens e 143.550 mulheres. De cada 20 feridos nas estradas, em 2008, em média 15 foram homens e 5 foram mulheres.

 
Você está aqui: Home